23 julho 2009

The Low Anthem

Antes de ler o texto abaixo, assista esse video do Low Anthem, pra entender melhor o trio usando seus instrumentos exóticos. Mas não se assuste, o álbum é muito bem produzido e vai surpreender.

Duas preciosidades americanas


Duas boas descobertas do novo rock americano, a primeira foi o Low Anthem, trio americano de Providence, Rhode Island. A primeira vez que li sobre eles foi na edição de Junho da revista MOJO. Lá eles descreviam o trio como fortemente influenciados por Bruce Springsteen, Dylan,The Band e principalmente Tom Waits. Essas referencias já me aguçaram a vontade de ouvi-los, além de algumas comparações com o Fleet Foxes. Imediatamente fui atrás do segundo disco da banda, "Oh,My God Charlie Darwin". O titulo já chama atenção, como se fosse uma homenagem ao naturalista ingles de 127 anos atrás, famoso pelo livro "A Origem das Espécies" de 1859 e claro o pai da Teoria da Evolução. A faixa que abre o disco leva o nome Charlie Darwin e fala sobre as realizações do naturalista.Os caras são fascinados por instrumentos exóticos, como tambores de metal, percussões de música clássica ou metais acoplados e tocados com arco de violino pra explorar certas ressonancias (como aparece no video acima). Segundo o trio, eles nem sabiam exatamente como tocar esses exóticos instrumentos, mas aprenderam pra usar nas sessões de gravação desse novo disco. Se voce gosta do Fleet Foxes e de Tom Waits, com certeza vai curtir o Low Anthem.



Da nova cena do Brooklyn,NY aparece o Forest Fire, que me chamaram atenção a partir do lançamento de um compacto em vinil de 7 polegadas, totalmente caseiro, embalado numa capinha de saco de pão, carimbado o nome da banda. O single "Fortune Teller" recebeu elogios de todas a lojinhas independentes lá fora e a banda chegou até a ser comparada ao Modest Mouse no inicio.O disco desta semana na Rough Trade é "Survival" do Forest Fire (capa acima) cuja foto reflete o clima e o lugar onde o disco foi gravado, a partir de demos feitas com um só microfone captando tudo. Um trabalho totalmente caseiro e um resultado eficiente. Assim como há quase tres anos Bon Iver se refugiou numa cabana e gravou seu elogiadissimo "For Emma, Forever Ago", esse álbum de estréia do Forest Fire é mais um exemplo de que com poucos recursos e boas idéias alguns conseguem fazer milagres.Por coincidencia os dois discos citados aqui foram gravados fora dos estudios convencionais, com resultados surpreendentes.
A principio o álbum "Survival" era cedido pra download no site da gravadora, mas se quiser ouvir está disponivel no endereço abaixo:
http://www.catbirdrecords.com/forestfire/

03 julho 2009

dessa vez com Paul McCartney

Há pouco tempo postei um apresentação ao vivo de Neil Young interpretando "A Day In The Life". Dessa vez foi recentemente no Hyde Park em Londres e de supresa Paul McCartney sobe ao palco pra cantar com Neil, é de chorar!!!!