16 abril 2009

RECORD STORE DAY


A imagem acima define bem o que acontece nesse momento na Europa e nos Estados Unidos com as lojas de discos. Nessa foto o rapaz tenta afastar o "fantasma da morte" na porta da Rough Trade, a mais importante loja independente da Inglaterra.
E lembrar que dez anos atrás quando eu entrava na Rough Trade tinha fila de pessoas pra serem atendidas. A loja vivia lotada e todos procuravam as raridades em remixes e edições limitadas oferecidas pela Rough Trade. Às vezes passava um tempão só olhando as novidades expostas na pequena vitrine, pra depois entrar naquele mundo mágico, que mais parecia a "fantástica fábrica de chocolate" só que nesse caso o doce era o vinil e os cds. A Rough trade resistiu à crise, abriu outra loja maior em Brick Lane, lá em Londres e incentiva como ninguém a industria dos independentes.
Neste sábado dia 18 de abril acontece um evento único, o Record Store Day, que foi criado por um grupo de empresários independentes americanos no ano passado e daí definiram que a cada ano, todo segundo sábado de abril será realizado o Record Store Day. Mas qual a razão desse evento? É simples, apenas uma iniciativa pra incentivar o mercado independente não só nos EUA e na Europa, mas contaminar o resto do mundo a criar eventos nas lojas de discos nesse dia. As gravadoras independentes lançam edições limitadas e especiais sómente para esse dia. Esse ano o meu objeto do desejo são os dois split singles da Matador com o Sonic Youth. Serão sómente 500 cópias de cada 7 polegadas em vinil, distribuidos entre as lojinhas independentes e vendidos só nesse sábado. Será uma disputa a tapas pelos fãs pra conseguirem uma cópia, vale aquele que chegar mais cedo na loja.

Voltando à crise das lojas de discos, o jornal New Musical Express publicou uma matéria essa semana sobre o assunto, dizendo que mais de 500 lojas de discos fecharam suas portas na Inglaterra nos últimos dois anos. Hoje o download gratuito é uma realidade em qualquer lugar do mundo. Esse comodismo de se fazer tudo em casa, tirou o consumidor das lojas de discos, o objeto físico do vinil ou do cd virou peça de colecionadores e fanáticos pelos formatos. A nova geração já não se preocupa mais em ter cds ou vinis, pra que? se ele pode baixar tudo, colocar no seu Ipod e sair ouvindo tudo que voce possa imaginar. Infelizmente o mundo caminhou pra isso e acho que não existe volta. É importante uma iniciativa dessas como o Record Store Day, pra que o discos não acabem se tornando simplesmente peças de museu.

01 abril 2009

Primeiro trimestre agitado


Primeiro trimestre de 2009 agitado em todos os sentidos, e fica aquela impressão que o tempo tá passando tão rápido. Deixo uma seleção de algumas coisas boas que ouvi nesse inicio de ano, começo elegendo tres das minhas favoritas.
A primeira é a banda texana The Strange Boys, talvez a melhor coisa que o Texas já deu ao mundo depois de Roky Ericson e o The 13th Floor Elevators(aliás, sai em junho uma caixa com 10 cds do 13th floor elevators). O disco do Strange Boys "And The Girls Club" é uma mistura de garage rock sixties via Music Machine e Wire.O link pra ouvir essa maravilha está nos comentários.

Mudando de genero outra surpresa das boas é o album da banda novaiorquina Cymbals Eat Guitars "Why There Are No Mountains" algo entre Modest mouse, Pixies e Sonic Youth e com cara de disco da gravadora 4AD nos anos noventa.

E o terceiro de acordo com Fernando Kaida do programa Pop Link do UOL, esse é o disco do ano e não o Animal Collective. The Pains Of Being Pure At Heart é outra belezinha vinda do Brooklyn,NY, com cara de banda escocesa dos anos 80/90 (Pastels, Teenage FanClub).

mais alguns titulos que eu recomendo:

THE PHANTOM BAND - CHECKMATE SAVAGE
HOWLING BELLS - RADIO WARS
THE BOY LEAST LIKELY TO - THE LAW OF THE PLAYGROUND
RADIO MOSCOW - BRAIN CYCLES
CONDO FUCKS - FUCKBOOK
OFFICIAL SECRETS ACT - UNDERSTANDING ELECTRICITY
BAT FOR LASHES - TWO SUNS
BRICOLAGE - BRICOLAGE
BLACK LIPS 200 MILLION THOUSAND
TELEPATHE - DANCE MOTHER
HATCHAM SOCIAL - YOU DIG THE TUNNEL I´LL HIDE THE SOIL
THE RAKES - KLANG
THE ANTLERS - HOSPICE
M. WARD - HOLD TIME
NEKO CASE - MIDDLE CYCLONE
THE DECEMBERISTS - HAZARDS OF LOVE
ANIMAL COLLECTIVE - MERRIWEATHER POST PAVILION
ANTONY AND THE JOHNSONS - THE CRYING LIGHT

e do lado mais indie pop...

YEAH YEAH YEAHS - IT´S BLITZ
FRANZ FERDINAND - TONIGHT
THE WHITE LIES - TO LOSE MY LIFE