16 janeiro 2008

LIGHTSPEED CHAMPION

A minha gravadora favorita, a inglesa Domino Records, começa 2008 a todo vapor lançando dois grandes álbuns.
O primeiro é o disco de estréia de Dev Hynes, ex-integrante da banda Test Icicles, que há uns dois anos atrás lançou em excelente disco pela Domino e infelizmente se desfez.
Quando a banda acabou Dev Hynes resolveu dar uma outra direção para o seu som, daí começou a trabalhar em músicas mais pro folk e com um certo apelo pop. Na epoca ele ouvia muito Elvis Costello e Serge Gainsbourg e daí veio a inspiração para o primeiro single "Galaxy of The Lost", lançado no inicio de 2007.
Depois veio o single "Midnight Surprise", uma faixa com 10 minutos de duração dividida em tres partes.
Pra essa música ele contou com a colaboração dos vocais da galera do Tilly and The Wall.
Logo no inicio de janeiro saiu mais um single do Lightspeed Champion chamado "Tell Me What It´s Worth", em que Dev Hynes conta com a participação vocal da cantora Emmy The Great (uma revelação dessa nova safra de interpretes e compositoras britanicas) e ainda Tim Casher das bandas Cursive e The Good Life, de Omaha no Nebraska, onde Dev Hynes gravou seu álbum.
Nas tres diferentes edições desse single o lado B é sempre de covers, uma é do sensacional Patrick Wolf, a outra é de Amy Winehouse e a terceira cover é de Olivia Newton John e o hit da decada de 80 "Xanadu".
Nesta semana sai o álbum "Falling Of The Lavender Bridge", gravado em Nebraska (USA) e mais uma vez ele contou com a participação de membros do Tilly And The Wall, do Cursive e do The Faint.
O Lighspeed Champion está abrindo shows do Bright Eyes,Patrick Wolf e Good Shoes, e em breve se as criticas continuarem favoráveis, Dev Hynes poderá se tornar um novo Elvis Costello, pois potencial como compositor e interprete ele tem de sobra.

SONS & DAUGHTERS

O segundo e celebrado lançamento da Domino, é o álbum "This Gift" dos escoceses do Sons & Daughters.
Essa banda me cativou desde o primeiro álbum "Love The Cup" em 2004, onde se destacava o single "Johnny Cash".
Em 2005 veio "The Repulsion Box", um disco bem mais produzido que o primeiro EP e a banda chamou a atenção de Morrissey, que os convidou para abrir os shows de sua tour de 2006.
No final do ano passado eles lançaram o single "Gilt Complex", uma música com um riff e uma levada rock´n´roll de sair dançando. O lado B desse single é uma regravação de "Killer" sucesso de Adamski no inicio da decada de 90. A cover dessa música ficou tão boa que já virou febre nos set lists dos djs mais "descolados" da Inglaterra. Por incrível que pareça ela não foi incluida no CD "This Gift"que sai dia 28 de janeiro. Ficou sómente para os Djs que compraram o vinil de 7" polegadas.
Esta semana mais um single "Darling" uma deliciosa canção sixties no melhor estilo Motown e pra fazer as Pipettes morrerem de inveja. Na próxima semana sai o terceiro álbum "This Gift", com todas as boas referencias rockabilly, as influencias de Johnny Cash e o vocal muito especial de Adele Bethel, que lembra demais as "girl groups" dos sixties.

Ouça "Darling" e outras músicas do Sons & Daughters no myspace:
http://www.myspace.com/sonsanddaughters

Um comentário:

André Takeda disse...

Kid!

Este teu blog é a salvacao! Nunca vi tantas dicas boas em um so lugar.

Abracos.