18 dezembro 2007

CORRENDO NA CONTRA-MÃO EM 2007

Quem depara com uma capa dessas logo deve pensar que trata-se de uma daquelas capas de funk carioca.
Os discos me chamam atenção pela capa, esse foi um deles, a primeira vez que ouvi falar do Shit & Shine foi por recomendação da Norman Records. A definição era de algo demente como Lightning Bolt, Acid Mothers Temple e Boredoms. Recomendado para fãs de Buthole Surfers, Melvins e Todd.
Na verdade eu pensava que Lightining Bolt e Boredoms eram os exemplos extremos de caos e barulho, pós John Zorn e Metal Machine Music de Lou Reed.
Engano meu, pois de repente me aparece Shit & Shine, o próprio nome já gera um certo mal estar ("merda e brilho" ou "cagar e brilhar").
Quando recebi o LP com a referida capa levei um susto, quatro baterias, dois baixos, misturados com efeitos de teclados vintage tipo aqueles casio tone e vocais ensandecidos.
Procurei imagens no You Tube e achei diversas apresentações ao vivo, uma delas tem uma orquestra de baterias à frente e uma usina sonora por trás.
Vale a pena dar uma procurada no You Tube pra conhece-los ao vivo.
Além desse Lp o Shit & Shine tem também um cd duplo chamado "Jealous of Shit & Shine".




Por falar em escandalos e funk, este por alguns momentos foi meu single do ano, podem falar o que quiserem, reclamem à vontade, mas eu me confesso fã do Bonde do Rolê.
Semana passada pedi as duas versões do single "Marina Gasolina" lançados pela Domino em 7" e 12" polegadas, em vinil colorido.
A versão 7" polegadas que a gente ve na foto acima, traz no lado B um remix feito pela Peaches.
Na versão 12" são tres excelentes remixes e a versão original.
O melhor dos tres remixes é da galera portuguesa de Luanda chamada Buraka Som Sistema, que criou o ritmo chamado "kuduro". O destaque dessa faixa fica pra Mc Petty, uma garotinha menor de idade que é uma das vocalistas do Buraka e que precisa de autorização dos pais toda vez que se apresenta ao vivo.
Que venham os protestos, mas minha defesa vem com "Marina Gasolina"
Porra! Salve Marina Anfetamina!, Viva Afrika Bambaata!, e por fim o meu apelo "Marina Gasolina, volte pro Bonde do Rolê"

11 comentários:

Anônimo disse...

Manos, esse blog é de um dos caras que mais manja de musica no Brasil e quase ninguem comenta?
O Kid é o cara, apesar de escrever "anCioso", assim mesmo, com C.
Não achei o disco do Paul Simon naquele link que vc colocou aqui.

kid vinil disse...

sorry anonimo ninguém é perfeito, muito menos eu, valeu pela correção.
o disco do paul simon tá no bolachas, mas é um post antigo,(umas tres semanas atrás) então procure em todos os posts do blog

Marcello Fim disse...

Pô...adoro o Bonde também, muito bacana. Uma pena essa briga toda na banda envolvendo a Marina, ela é a cara do escracho por trás da banda.

Domingos disse...

Kid, seu blog está duca. Infos legais e up to date estão aqui, com certeza. As vezes tiro umas daqui pra minha coluna, mas sempre dou a fonte....

abs

Dum

themusicilike disse...

o disco do Paul Simon está neste link aqui:
http://bolachasgratis.blogspot.com/search?q=paul+simon

Jaime disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jaime disse...

shit and shine é demais!
merda que brilha é aquela que fede mais!
muito bom, antônio carlos!!!!!
heheh
viva as guloseimas de chocolate!
abraço,
mouse mussum

Felipe disse...

repito o seu apelo, kid.

e aliás, quanto custou esse single? digo, com todos os transportes, frete e impostos já incluídos.

marina caipirinha.

kid vinil disse...

o single mais frete custou 4 libras, cerca de 15 reais, não teve imposto.

Marcos Lauro disse...

Que o Bonde faça muito sucesso... LÁ FORA!

PaiMosca disse...

buraka som sistema sao portugueses e o kuduro é um som tipicamente africano... eles basicamente fazem-no com electronica. abraço