30 novembro 2007

Previsões dos melhores de 2007

Em dezembro já começam a aparecer as primeiras listas dos melhores discos de 2007, vou arriscar alguns palpites agora de cinco que estarão na minha lista dos melhores, mas calma, até o final de dezembro publicarei duas listas, os 50 melhores álbuns de "rock pop" e os 50 mais no genero "Lado B".
Por enquanto apenas alguns palpites que me vem à cabeça.
O primeiro que abre esta postagem é a grande "zebra" de 2007 o projeto Panda Bear e o álbum "Person Pitch".
Esse é o projeto de Noah Lennox do Animal Collective, que também lançou um excelente álbum em 2007, mas o projeto de Noah consegue ser melhor que o disco do Animal Collective.
Essa capa do Panda Bear e a edição tripla em vinil de 10" polegadas do Queens Of The Stone Age "Era Vulgaris" são duas das minhas capas favoritas de 2007.

A capa acima é do já conhecido "Sound of Silver"do LCD Soundsytem, esse eu arrisco dizer que será melhor disco pop de 2007, não vou rotular como eletronico ou coisas assim, pois LCD Soundsytem é pop e de muita qualidade. Quer canção mais pop e maravilhosa do que "All My Friends" (é tudo que o New Order gostaria de ter feito nesses últimos anos).
O Show do LCD Soundsystem no EletroniKa de Belo Horizonte na minha opinião foi um dos melhores shows que eu vi este ano, James Murphy é meu herói em 2007!



Uma banda que conseguiu manter a qualidade de seu trabalho foi o Arcade Fire, pois não seria fácil depois de um clássico como "Funeral" em 2004, mas os caras voltaram com outro grande disco "Neon Bible".

Essa é uma daquelas bandas "queridas", paixão à primeira escuta, foi assim que me deixaram esses caras de Athens,Georgia, quando ouvi pela primeira vez "The Sunlandic Twins" em 2005, daí fui atrás de tudo que eles lançaram desde 1997.
Como se não bastasse essa maravilha que é "Hissing Fauna, Are you the Destroyer?", o álbum de 2007, eles ainda lançaram um EP espetacular chamado "Icons,Abstract Thee".
Essa escolha vai em homenagem a toda comudidade indie a "wannabe" de Belo Horizonte que assim como eu amam Of Montreal.




E o quinto dessa lista de previsões é meio que óbvio, pois quem não ama esse disco do The Shins "Wincing The Night Away"?
"Phanton Limb" e "Australia" são as canções mais pop de 2007.



26 novembro 2007

STALKERS

Essa banda de Brooklyn, NY tem uma trajetória interessante, no final do ano passado a música "Let´s Get It Together" foi eleita "single of the Week" pelo New Musical Express. Pouca gente prestou atenção nisso, era um single limitado de 1000 cópias e o "hype" não vingou.
Isso foi até uma coisa boa pra banda, pois se eles tivessem caido nas mãos de uma grande gravadora o som deles ficaria pasteurizado e perderia a essencia punk dos tres acoordes que eles aprenderam muito bem ouvindo Ramones e Dead Boys.
Na opinião do Stalkers as duas melhores bandas de rock do planeta são AC/DC e New York Dolls.
Partindo desse principio o vocalista Andy Animal formou o Stalkers em 2003, sómente agora lançam o cd de estréia da banda "Yesterday is No Tomorrow", que passou praticamente despercebido da mídia em geral. Nem o allmusic guide tem uma página falando da banda, imaginem até este que vos escreve está no allmusic.com, e os caras esqueceram do Stalkers, como???
Uma das únicas publicações que elogiaram o cd do Stalkers foi a inglesa Artrocker.
Na minha opinião esse é o melhor álbum de rock and roll de 2007, imagine Beach Boys com Damned e voce terá Stalkers.
Infelizmente o Stalkers não tem nenhuma carinha bonita de banda emo, Andy Animal tá mais pro seu homonimo Animal do Anti Nowhere League e o resto da banda é totalmente "no style" um tem cara de integrante de garage band( aliás o batera é colecionador de vinis de garage rock dos sixities) e outros de guitarrista de power pop.
Independente do visual essa foi a grande surpresa ainda escondida, ou seja o tesouro enterrado de 2007.

http://www.myspace.com/stalkers

Abaixo a capa do Cd "Yesterday Is No Tomorrow"


13 novembro 2007

SET LIST

Muita gente me pergunta sobre um set list ou um possivel podcast no meu blog, brevemente estarei disponibilizando uma seleção, assim como esta que segue abaixo.
Esse será meu set list pra festa de Belo Horizonte no dia 15 de novembro.
Pra quem queria saber o que eu ando ouvindo essa lista é um bom exemplo.

GOOD SHOES - SMALL TOWN GIRL
THE GO! TEAM - BULL IN THE HEATER/DOING IT RIGHT
JACK PENATE - SECOND, MINUTE OR HOUR
SHITDISCO - OK
CAJUN DANCE PARTY - THE NEXT UNTOUCHABLE
TOKYO POLICE CLUB - YOUR ENGLISH IS GOOD
BLACK LIPS - KATRINA
LETHAL BIZZLE - POLICE ON MY BACK
THE CRIBS -MEN´S NEEDS/CSS REMIX/DON´T YOU WANNA BE RELEVANT
BONDE DO ROLE - SOLTA O FRANGO/LADYTRON REMIX
LADYTRON - DESTROY EVERYTHING YOU TOUCH
BOB DYLAN - MOST LIKELY..(MARK RONSON REMIX)
MAPS - TO THE SKY
THOSE DANCING DAYS - THOSE DANCING DAYS
FOALS - MATHLETICS
DOES IT OFFENDED YOU YEAH? - LET´S MAKE OUT
WE START FIRES - LET´S GET OUR HANDS DIRTY
THE SHINS- AUSTRALIA (PETE BJORN & JOHN REMIX)
REVEREND AND THE MAKERS - HE SAID HE LOVED ME
SHOCKING PINKS - END OF THE WORLD
SKY LARKIN - MOLTEN
COMANECHI - DEATH OF YOU
YOUNG KNIVES - TERRA FIRMA
SONS & DAUGHTERS - GILT COMPLEX
BLOOD RED SHOES - I WISH I WAS SOMEONE
PETE AND THE PIRATES - KNOTS
THE WOMBATS - LETS DANCE TO JOY DIVISION REMIX
THE COURTEENERS - ACRYLIC
LOS CAMPESINOS - THE INTL TWEEXCORE UNDERGROUND
THE TEENAGERS - SCARLET JOHANSSON
KINGS OF LEON - CHARMER
THE HIVES - TICK TICK BOOM
JOE LEAN & THE JING JANG JONG - LUCIO STARTS FIRE
HADOUKEN! - LIQUID LIVES
LES SAVY FAV - PATTY LEE
PYLON -COOL
BATTLES - TONTO
FRANZ FERDINAND - ALL MY FRIENDS (LCD SOUNDSYSTEM COVER)
THE PIGEON DETECTIVES - I FOUND OUT
THE RUMBLE STRIPS - GIRLS AND BOYS IN LOVE
THE SUNSHINE UNDERGROUND vs SOUTH CENTRAL - BORDER
XEROX TEENS -DARLIN´ - ANDREW WEATHERALL REMIX
CSS vs L7 - PRETEND WE´RE ALALA -(THE ILLUMINOIDS WITH DONITA SPARKS)

09 novembro 2007

Gallows e "Staring At The Rude Boys"

Tá aí o video do Gallows e a sensacional "Staring At The Rude Boys"

08 novembro 2007

Les Savy Fav e a Cool List do NME

Pra ser "cool" não precisa ser bonito, essa é a melhor definição pra tão comentada e criticada "Cool List" do semanário New Musical Express publicada nesta quarta feira.
Quem abre essa postagem é o vocalista Tim Harrington da banda americana Les Savy Fav que pegou a colocação de número 31 na lista das pessoas mais "cool" no rock em 2007.
O Les Savy Fav existe desde 95, lançaram o primeiro disco em 1999, no mesmo ano assinaram com o selo independente French Kiss e lançaram mais tres álbuns, o mais recente "Let´s Stay Friends" é o melhor até agora. O som é uma mistura de hardcore derivado Minor Threat, Fugazi,Sunny Day Real State e Jawbox. Tim Harrington tem um vocal desesperado como Frank Black nos Pixies e ninguém sabe o porquê de um cara tão esquisito estar na lista dos mais cool de 2007?
Simples, o cara ao vivo se veste com roupinha de bebê, tem um milhão de trejeitos pra interpretar cada música, e detalhe pesa quase 100 quilos e ainda tem uma enorme barba ruiva.
Pra se ter uma idéia disso tudo entra no myspace deles que tem um video de um show, preste anteção, o baixista toca a primeira música com um bebe de verdade amarrado a ele ( acho que a babá não apareceu).
http://www.myspace.com/lessavyfav
Diante de toda essa demência os novaiorquinos do Les Savy Fav ganharam a maior exposição na cena britânica e a cada performance surgem mais comentários positivos pra banda.




A Lista "Cool 2007 do NME"
1. Frank Carter – Gallows
2. Jamie Reynolds – Klaxons (13)
3. Lovefoxxx – CSS (10)
4. Ryan Jarman – The Cribs
5. Lethal Bizzle
6. Alex Turner – Arctic Monkeys (32)
7. Kate Nash
8. Amy Winehouse (50)
9. Beth Ditto – The Gossip (1)
10. Keith Richards – The Rolling Stones (26)
11. MIA
12. Thom Yorke – Radiohead (9)
13. Drew McConnell - Babyshambles
14. Prince
15. Tom Clarke – The Enemy
16. Noel Gallagher – Oasis
17. Hayley Williams - Paramore
18. Bigode do Brandon Flowers – The Killers
19. Matt Bellamy – Muse (27)
20. James Smith - Hadouken
21. Caleb Followill – Kings of Leon
22. Matt Helders – Arctic Monkeys
23. Eddie Argos – Art Brut
24. Craig Finn – The Hold Steady
25. Morgan Yeah? – Does it Offend You, Yeah?
26. Simon Neil - Biffy Clyro – (28)
27. Simon Taylor - Klaxons
28. Karen O – Yeah Yeah Yeahs (5)
29. Kele Okereke – Bloc Party
30. Meg White – The White Stripes (24)
31. Tim Harrington – Les Savy Fav
32. Gerard Way – My Chemical Romance (8)
33. Jamie T
34. Pete Doherty – Babyshambles (28)
35. Lou Hayter – New Young Pony Club
36. Ian Brown
37. Joe Lean – Joe Lean and the Jing Jang Jong
38. Andy Burrows - Razorlight
39. Kyle Falconer – The View
40. Nicky Wire – Manic Street Preachers
41. Josh Homme - Queens of the Stone Age
42. Cole Alexander - Black Lips
43. Suki - Real Heat
44. Brandon Flowers – The Killers (29)
45. Yannis Philippakis - Foals
46. Patrick Wolf
47. Carlos D - Interpol
48. Santogold
49. Dev Hynes – Lightspeed Champion
50. Spider Webb – The Horrors
( o número que está entre parenteses é a colocação da pessoa no ano passado)
Todo mundo tá criticando a escolha de Frank Carter, vocalista do Gallows como o cara mais "cool" de 2007. Eu até entendo, pois os indies mais radicais na sua maioria não gostam de punk e hardcore e jamais vão entender a importância de um Fugazi, Minor Threat,Ruts ou Black Flag.
Pois é, o Gallows apareceu de maneira independente nesses dois últimos anos, gravou seu primeiro disco precariamente, foi reconhecido a partir de sua apresentação no ano passado no South By South West no Texas, foi capa até da Kerrang! (revista especializada em heavy metal e hardcore).
Já comentei o cd deles por aqui e volto a repetir o Gallows é de verdade, não é nenhuma bandinha punk de boutique ou qualquer emo modinha. O Gallows veio como uma resposta a Green Day e toda essa geração de falsos punks que apareceram na decada de 90.
Uma banda que regrava Black Flag e muito mais "Starring at The Rude Boys" do sensacional Ruts, merece no mínimo respeito!
Aliás por falar em Ruts, essa banda foi uma das mais importantes do punk rock pós Sex Pistols e Clash entre 78/79, lançaram um dos grandes clássicos do punk, o álbum "The Crack" em 1979,mas infelizmente o vocalista Malcolm Owen morreu de overdose em 1980, a banda continuou mas sem o pique inicial.
O Ruts pregava a luta contra o racismo em suas letras, tanto que recentemente a NME começou um campanha contra o partido racista dos antigos skins que querem ganhar força no parlamento.
O Gallows regravou ao lado do rapper Lethal Bizzle, que por acaso é o quinto da lista, "Starring at The Rude Boys" e o video já está no You Tube,vale conferir pra ver que a banda é molecada, sem maquiagens ou cabelinho arrumado, no máximo algumas tatoos, como aparecem cobrindo o corpo de Frank Carter.
Hoje o Gallows é banda que lota uma Brixton Academy e em breve arenas, mas muita gente por aqui não se ligou no sucesso dos caras.
A música tá mudando e muita gente tá mais focada nos grandes nomes do indie como Arctic Monkeys,Killers, Klaxons etc e tá esquecendo que existe uma nova geração de bandas aparecendo a cada dia.
Essa lista do NME é uma boa prova pra muita gente ficar se perguntando, mas quem é o famoso Frank Carter?
O rapper Lethal Bizzle que aparece em quinto lugar é um dos cabeças dessa luta contra o racismo e já regravou a clássica "Police On My Back" (clássico da banda Equals na decada de 60 e regravada pelo Clash em "Sandinista")usando a base do Clash.
Recentemente na coletanea do NME ele apareceu com "Babylon´s Burning" outro hino anti-racismo do Ruts.
Outra banda engajada nessa causa do racismo é o The Enemy que muita gente por aqui criticou e não entendeu esse lado punk deles mais pra Jam e Buzzcocks, Tom Clark aparece na posição 15 da lista.
Uma das melhores bandas americanas deste ano também passou batida entre nós The Hold Steady e Craig Finn o líder da banda aparece no vigésimo quarto lugar da lista.
Se performance também conta, o vocalista do Black Lips é campeão, pois se preciso ele tira até a roupa no palco, vomita, faz qualquer coisa pra acontecer. Felizmente a música feita pelo Black Lips justifica todo esse escândalo e Cole Alexander pegou o 42 da lista.
Mais uma banda que merece atenção é o Foals, que apareceu ano passado com um mini LP ao vivo e esse ano lançou dois singles matadores "Mathletics" e "Balloons", o vocalista do Foals Yannis Philippakis aparece no 45.
Tem ainda o Hadouken, outra banda de Leeds na Inglaterra, que mistura hardcore com batidas eletronicas, é como se o Faith no More reaparecesse numa versão 2007, James Smith, o vocalista é o vigésimo da lista. Esta semana o Hadouken lança seu álbum "Not Here to Please You"no formato da moda o famoso USB Stick ou Pen Drive.
E finalmente nas posições 49 e 50 duas grandes figuras (visualmente falando, e por que não musicalmente?) o primeiro é Dev Hynes ex-Test Icicles e agora com seu projeto Lightspeed Champion inspirado em Elvis Costello e Neil Young, ele já lançou dois singles espetaculares pela Domino ( a mesma gravadora do Arctic Monkeys e do Bonde do Role, aliás porque não a Marina na cool list?) Detalhe Dev Hynes esteve aqui no Brasil quase que incógnito tocando no Tim Festival acompanhando a cantora Cibelle.
Fechando a lista o tecladista do The Horrors Spider Webb, a banda pode ser melhor definida como o Cramps dos dias de hoje, mas claro falta uma Poison Ivy.
Agora, o melhor de tudo, nossa Lovefoxxx (CSS) é terceiro lugar, a primeira mulher da lista batendo Beth Dito do Gossip, que foi primeiro lugar no ano passado, a badalada Amy Winehouse e Kate Nash.
Não tem prá ninguém Lovefoxxx é nossa nova "pequena notável", se nos anos quarenta Carmem Miranda tomou de assalto a América, Lovefoxx tomou de assalto o Reino Unido, foram cerca de 5000 shows nos últimos doze meses, a cada show Lovefoxx usa dois diferentes colantes que os ingleses chamam de "Catsuits"(um charme!), definida pela NME a arty/party/disco hackysack front lady de 2007.
É nesse momento que a gente deveria se sentir orgulhoso em saber que uma brasileira apavorou os ingleses em 2007 e espero que ela continue assim por muitos anos, mil beijos pra Lovefoxxx, nossa "pequena notável do século 21".
















07 novembro 2007

E por falar em caixas......

The Brit Box: U.K. Indie, Shoegaze And Brit-Pop Gems Of The Last Millenium

Finalmente uma caixa dedicada aos anos noventa do pop britânico, pois anteriormente a Rhino lançou uma caixa dedicada aos anos noventa focalizando mais a geração grunge.
Agora o foco está na geração Indie, Shoegaze e Brit-Pop, o que me faz pensar em algo interessante. Se analisarmos bem essa geração da decada de 90 não marcou tanto no inconsciente das pessoas, assim como a geração 80.
Muita coisa lançada durante a decada de 90 ficou mais pro "cult" do que pro lado mais comercial.
Se pegarmos por exemplo bandas como My Bloody Valentine, Telescopes, Chapterhouse, Spacemen 3, Spiritualized, Inspiral Carpets,The Sundays ,The La´s,Ride,Pale Saints,Lush,Catherine Wheel,Birdland,The Boo Radleys,Curve,Bluetones e Super Furry Animals, temos aí uma série de bandas maravilhosas da decada de 90, mas que muita gente por aqui hoje ignora.
Tomo por base quando vou discotecar, se coloco Chapterhouse, Bluetones ou Boo Radleys pouca gente lembra, mas se toco New Order, U2, Police, Pretenders, B 52´s etc.. todos reconhecem.
Excetuando aquela festa "I Love 90´s" do Studio SP, em poucos lugares a gente vai ouvir Curve, por exemplo, que aliás foi a banda em que Butch Vig se inspirou pra fazer o Garbage (que todos conhecem).
Uma pena pois a memória da maioria pro rock da decada de 90 é sem dúvida o grunge do Nirvana,Pearl Jam,Mudhoney,Soundgarden e os derivados como Alice in Chains, Stone Temple Pilots etc...
A geração shoegaze ficou mais pros indies iniciados e descolados, acho que a única parte dessa história do britpop que ficou mais conhecida foram bandas de meados pro final da decada como Oasis,Blur,Pulp,Placebo,Suede,Teenage FanClub, Manic Street Preachers,Supergrass e Verve.
É uma pena que maravilhas como Mansun,Saint Etienne,Mega City Four,Echobelly,Gene,
Eugenius,Swervedriver,Superstar,Menswear,Cast,Dodgy,Catatonia,Rialto,Silversun,Divine Comedy,Babybird e Marion ficaram pra poucos ouvidos antenados.
Bem, essa caixa reúne tudo isso e muito mais em quatro cds em ordem cronológica, o primeiro cobre o periodo pré britpop de 84 a 90 como Smiths,Cocteau Twins,Felt, Cure,Echo and Bunnymen, Jesus and Mary Chain,Primitives,Stone Roses,Charlatans e Primal Scream por exemplo. Algumas dessas últimas bandas citadas acabaram acontecendo na decada de 90 com a explosão do britpop como o Primal Scream e o Charlatans.
O segundo cd de 90 a 93 cobre um pouco da cena shoegaze com Telescopes, My Bloody Valentine,Ride,Moose,Pale Saints, Chapterhouse e outros, mas infelizmente esqueceram do Levitation.
O terceiro cd pega o periodo de 94/95 e investe nas bandas que ficaram mais famosas como Suede,Blur, Oasis,Pulp e Elastica por exemplo.
E finalmente no quarto cd o que veio depois, Ash,Super Furry Animals,Verve,Placebo,
Cornershop, Gay Dad e Spiritualized.
É evidente que sempre falta alguma coisa que a gente curtia como Cranes, Carter USM, Senseless Things, e outras, mas pelo menos não esqueceram do These Animal Men.
Outra coisa importante as embalagens e o design dessas caixas da Rhino são espetaculares, essa vem no formato de uma tipica cabine telefonica inglesa e com um belissimo livro de textos e fotos.(veja foto que abre a postagem)


Saindo dos noventa pra decada de 60 outro objeto do desejo é essa caixa "Love is The Song We Sing" - San Francisco Nuggets 1965-1970.
A embalagem criada pela gravadora americana Rhino é no formato de um livro ilustrado com 120 páginas e a capa é prateada com uma ilustração psicodélica.
São quatro cds, cada um com um tema, o cd 1 chama-se "Seismic Rumbles" e traz obscuridades como We Five,The Warlocks,The Vejtables,The Wildflower,The Frantics, até mais famosos como Jefferson Airplane, Country Joe & The Fish, Beau Brummels e Quicksilver Messenger Service.
O segundo cd "Suburbia"traz os malditos como Count Five,Syndicate of Sound,The Chocolate Watchband,The Mourning Reign e The Otherside dentre outros.
No terceiro cd paz e amor em "The Summer of Love", que tem o Charlatans americano (por essa razão que o Charlatans ingles do britpop saiu nos EUA como Charlatans UK)
Moby Grape (banda maravilhosa que tem seus primeiros cds reeditados este mes pela Sundazed com várias bonus tracks).
O lado rock/soul do Sly & The Family Stone, o hard psicodélico do Blue Cheer,o blues psicodélico do Big Brother and the Holding Company e mais Jefferson Airplane.
O quarto cd "The Man Can´t Burst Our Music" vem com The Youngbloods,Kak,Steve Miller Band, Flamin´Grooveis e uma das bandas mais maravilhosas dessa epoca It´s a Beautiful Day.
Pra saber mais detalhes dessas caixas é só entrar no site da Rhino, http://www.rhino.com/

06 novembro 2007

MAGNOLIA ELECTRIC CO


Essa caixa é uma das minhas favoritas deste ano, Magnolia Electric Co. é a criação de um músico americano espetacular chamado Jason Molina. Conheci seu trabalho em 2002 quando ouvi o CD "Didn´t it Rain" de seu projeto Songs: Ohia, que começou em 1997 e terminou em 2003, lançando um total de 10 álbuns, sendo que o derradeiro levou o nome de "Magnolia Electric Co." em 2003.
A partir daí Jason Molina adotou este nome pra sua banda e lançou tres álbuns maravilhosos, o meu preferido é "What Comes After the Blues" de 2005.
Jason Molina é um apaixonado por Leonard Cohen e Neil Young e a música feita pela Magnolia Electric Co. é um retrato desses dois gênios canadenses.
Essa caixa chamada "Sojourner" é um projeto ousado em que Jason trabalhou com treze músicos diferentes, cinco estúdios de gravação, quatro engenheiros de som, tres cineastas e dois designers. O resultado é material pra tres discos e um EP e ainda de bonus um DVD. É isso, esse box inclui quatro cds, um dvd, um poster, postcards, e até um medalhão com o símbolo da banda, tudo isso numa luxuosa caixa de madeira.
Os cds dessa caixa são de sessions diferentes de gravação, realizadas depois do lançamento do álbum "What Comes After the Blues". Cada session tem um nome especial, por exemplo "Nashville Moon" foi produzida e gravada por Steve Albini ( aquele cara genial que eu comentei recentemente seu álbum com sua banda Shellac e claro ficou famoso por produzir Pixies,Breeders, Nirvana, dentre outros).
O outro cd denominado "Sun Sessions" foi gravado no lendário estúdio da Sun Records em Memphis no Tennessee.
A session chamada "Black Ram" foi gravada na Virginia, produzida por David Lowery ( ex Camper Van Beethoven) e conta com músicos e amigos de Jason Molina como, Andrew Bird, Rick Alverson e Alan Weatherhead.
E, a última session chamada "Shohola" foi gravada sómente com Jason Molina, guitarra e microfone.
O DVD incluso na caixa é um filme documentário "The Road Becomes What you Leave" dirigido por Todd Chandler e Tim Sutton, mostra a banda em uma tour pelo Canadá.