23 julho 2007

DE VOLTA AOS SIXTIES

Essa febre de bandas sixties apostando num certo revival começou praticamente na decada de 80 quando aconteceu aquele revival mod que revelou bandas como The Chords, Merton Parkas,
The Jolt e Secret Affair, dentre outras. Na decada de 90 muitas bandas usaram o elemento musical sixties no britpop, mas uma banda em especial resgatava na essencia a decada de 60 era The Stairs.
à nova geração de bandas britanicas também tem seus representantes desse revival sixties e um dos mais interessantes dessa nova leva de bandas sem dúvida é The Bishops.
A melhor definição para o trio ingles é como se fosse o The Hollies (banda de Graham Nash na decada de 60) tocando as primeiras músicas do The Jam.
Beatles, Rolling Stones e The Kinks estão na bagagem de influencias do grupo.
O álbum de estréia do Bishops saiu em abril deste ano, infelizmente uma parte da critica britanica recebeu mal o disco, chamando o som deles de datado. É uma pena que os criticos mais radicais não consigam sacar a originalidade desses garotos, independente do fato de estarem fazendo uma releitura dos sixties, mas existe um certo frescor no som deles, mas sómente os mais ligados em sixties é que vão entender. Uma pena pois o Bishops acaba virando uma banda pra poucos ouvidos, porém privilegiados.
http://www.myspace.com/thebishopsuk


Outra banda que resgata a sonoridade sixties é esse quarteto de Atlanta na Georgia (USA) chamado Black Lips.
Esses caras já tem uma certa estrada, apareceram em 2000, lançaram seus primeiros discos a partir de 2002 quando assinaram com o cultuado selo de sixties e powerpop Bomp Records e gravaram dois álbuns por lá.
Em 2005 lançaram o álbum "Let It Bloom" pelo selo In The Red, o disco foi super elogiado pela critica, que considera o melhor deles.
Neste ano resolveram gravar ao vivo e chamaram John Reis (ex Rocket from the Crypt) para produzir "Los Valientes Del Mundo Nuevo". Gravado em Tijuana no Mexico, o disco traz todo um clima ao vivo de bar mexicano, a abertura do show foi uma banda de mariachi.
O resultado é um dos mais despojados discos ao vivo que eu já ouvi, tem aquele clima de bar, o barulho de garrafas quebrando e bebados gritando, é espetacular!
O som do Black Lips é uma mistura de Trashmen e daquelas bandas das coletaneas Back from The Grave, por exemplo com Jerry Lee Lewis e até mesmo The Fall.
Só ouvindo pra acreditar no som que eles fazem,
http://www.myspace.com/theblacklips
E tem ainda o trio anglo-argentino The Draytones, que gravam no mesmo selo do Bishops e fazem também um sensacional resgate da sonoridade sixties.
Lançaram este ano um mini álbum com seis músicas chamado "Forever On" e a música deles assim como o Bishops tem muito de Kinks, Small Faces e Rolling Stones na decada de 60.
http://www.myspace.com/thedraytones




Nenhum comentário: