29 junho 2007

Super Furry Animals lança novo disco em agosto




Será o sétimo CD da banda do País de Gales, que se apaixonou pelo Brasil desde que tocaram por aqui há alguns anos atrás. No CD "Love Kraft" de 2005 a capa fazia uma referência ao Rio de Janeiro. A banda foi formada em Cardiff em 1993 e seu líder Gruff Rhys tem ainda sua carreira paralela, com dois belissimos discos lançados. Muito pouca gente se ligou nisso, mas ele se apresentou recentemente em São Paulo numa session no Estúdio SP.
Depois dessas aventuras paralelas o Super Furry Animals vem com "Hey Venus!", um álbum com 11 músicas, que esbanjam aquela musicalidade tipica do SFA com seu rock experimental e ao mesmo tempo tão melódico.
Pra minha sorte e de todos os fãs da banda eles não mergulharam em águas brasileiras tentando enfiar percussão e bossa nova no som deles.
Falo isso porque sempre que esses gringos se apaixonam pelo Brasil acabam perdendo sua personalidade e originalidade e fazendo besteira. Felizmente ao ouvir esse novo disco senti que eles continuam fiéis a suas origens britânicas (psicodelia, folk e até british blues)
O disco começa com uma faixa de 40 segundos, "The Gateway Song" é um micro rock and roll que abre espaço para "Run-Away" , que parece mais uma música feita pelo Pulp, o vocal lembra bastante Jarvis Cocker.
O primeiro single a ser extraido do álbum será "Show Your Hand" , uma baladinha daquelas pra tocar no rádio.
Segundo Gruff Rhys o álbum "Hey Venus!" é a história de um personagem que atende pelo nome Venus, vive num vilarejo e de repente muda pra cidade grande.
Até aí nada de se espantar, pra uma banda que já fez música até pra "Golden Retriever", que aliás foi uma das coisas mais adoráveis na minha vida depois que eu ganhei um cachorro dessa raça.
Mais um bom motivo pra que eu gostasse mais ainda do Super Furry Animals, mas não espere nada de tão inovador assim nesse novo disco, apenas um bom disco de uma banda que jamais conseguirá fazer algo ruim, a não ser que eles sejam infectados pelo vírus da bossa nova.
Bato na madeira pra que isso nunca aconteça.

5 comentários:

Daniel Lopes disse...

Como já era imaginável, esse disco vazou na net, tive a sorte de consegui-lo, achei bem divertido, melhor que o Phanton Power

Flávia Durante disse...

só fui prestar atenção no SFA esse ano (justo por causa desse show do gruff rhys no troca brahma) e virei fã!! amei o disco novo!!

Alexandre disse...

Meu caro, depois da dica do Fanfarlo, não entra outra coisa no meu ouvido. Dureza ir atrás dos singles. :-(

Katacultura disse...

Oi Kid, tudo na paz?! Este SFA é muito legal mesmo. Estou ouvindo bastante a CANDIE PAYNE, o novo do INTERPOL e o CLIENTELE.
Abração
rogério

ANDERSON PRATES disse...

Ja to procurando nas discografias da vida !!!